quarta-feira, agosto 16, 2017

Não vales nada

Sou uma força da natureza, não tentes destruir - me...

Cheguei a conclusão Que tu nem tens noção Mais vale um sábio louco Do que um burro sem razão Tens sempre opinião Queres sempre ter razão Só não esqueças que o mundo Gira noutra direcção 
 Cansei de te explicar Mas tu não queres aprender Não queres dar o braço Pra não torcer Mas queres me abraçar 
Não dá para entender Acho que não tens ideia Que o teu castelo é de areia Nunca aprendes a lição 
Vives num mundo de ilusão 
 E agora sou eu Quem não quer saber Ahh ahh ahh Ah ahh ahhhh Podes me ofender Que eu não quero saber Ahh ahh ahh Ah ahh ahhhh 
E até de óculos escuros Consigo ver

Amorteuamor

Casada e mais de 10 anos atrás de um gajo? 
Oh burra não te cansaste? Tu que dizes ser A. Braga , és assim tão otária que mais de 10 anos a ignorar o teu marido e agora emprenhaste dele (dizes tu) para quê?
É pedir muito saber por que motivo afirmas que eu estou sozinha? 




Sou uma força da natureza, não tentes destruir - me...

Bom dia

Sou uma força da natureza, não tentes destruir - me...

Bom dia



Sou uma força da natureza, não tentes destruir - me...

segunda-feira, agosto 14, 2017

O pinko e a cozinha

O Pinko, não é uma "gaja cheia de nove-horas", ontem cozinhou  potas e, aproveitou enquanto aquilo cozinhava lavou a loiça.
Aquele morenaço de quase 2 metros ainda está a trabalhar a partir de casa.
Como cada um pratica um seu desporto, são muitas as escolhas inteligentes, em especial no completo manacial de todo o tipo de utensílios para cozinhar, dado que os talheres usam-se para a refeição, pelo menos nesta casa.
Cá em casa ninguém concorda com máquinas de lavar loiça e o meu homem não sente a falta da máquina da mãe.
Resumindo: uns servem, outros não.
Tal como no Algarve; em Agosto vai toda a gente.Em Setembro vão os que realmente apreciam o Algarve,




Sou uma força da natureza, não tentes destruir - me...

Boa semana



Sou uma força da natureza, não tentes destruir - me...

sexta-feira, agosto 11, 2017





 Nunca te oferecias. Era preciso ir buscar-te aos lugares mais secretos e depois do prazer batias-me com violência no peito. Estou a ver-te, desastrada, a jogar à bola na praia junto ao mar que te louvava. Estou a sentir a tua pele muito quente por debaixo do vestido tecido de linho, o meu favorito. Estou a olhar para os teus jeans colados às tuas esguias pernas que fechavas e abrias ouvindo aventuras que adoravas. Tive de inventar a fotografia para te capturar em imagens interditas. Para que fosses por fim minha. Tenho de ir já tomar um ansiolítico. A tua ausência, pelos vistos, ainda me sufoca.
 Pedro Paixão

Os ansiolitícos não fazem passar essa sensação...

Sou uma força da natureza, não tentes destruir - me...

quarta-feira, agosto 09, 2017

Não faças nada

Não faças nada, não toques em nada .Em nada te transformes, tenho medo que adores o negro da solidão, os pensamentos mórbidos e teria ainda mais pena se te adorassem por isso. Espera que eu chegue. Uma simples mortal, que , contigo te dará um sorriso e te fará gemer de prazer, sorrir de divertimento e ninguém mais importa. Espera sentir o meu toque, o meu cheiro, o meu gemido perto do teu ouvido, apertar o teu troco contra mim e dizer-te que és a a única maravilha que conheço.



Sou uma força da natureza, não tentes destruir - me...

lost

Sou uma força da natureza, não tentes destruir - me...

sábado, agosto 05, 2017

Alma

Da tua alma

Deste alguma ao céu mas tens a alma comprada, nada existe a fazer... A voz do rapaz ouve-se mas nada se pode fazer por que o Diabo tem a alma, Tem coragem, tem alma, vazia, oca, cheia de vazio quente e vermelho e vozes de anjo que o tentam de mover da vida não tem. respirar o ar que não respira... 
Como um beijo do céu que se espera para se salvar do Inferno, tambores no céu, vozes dos anjos.
Sugam-te.
Puxam-te.
Quebras? 
Saltas?
Quem te puxa?
Quem te segura?
Serás borderline, serás amante de ti, daquela que pensas amar ou será daquela que pensar odiar, ou será que apenas amas?
Nunca pares de respirar.
Nunca pares de dançar quando te o Diabo te chamar, nunca pares de teres sorrisos irónicos quando os anjos te chamarem, cuidado pois estás no meio termo.
Local estranho como o Triângulo das Bermudas, onde alguém, algo te diz: "I'll see you", estando no meio termo, estás com os pés no fio da navalha, de que adianta? 
Faz.
Grita o mais alto que puderes.
Corre o mais depressa que puderes.




Sou uma força da natureza, não tentes destruir - me...

Para quem aprecia carros

Sou uma força da natureza, não tentes destruir - me... TOPEM A FORÇA DESTE LANCIA!!!

Bom dia

Sou uma força da natureza, não tentes destruir - me...

sexta-feira, agosto 04, 2017

Perspectivas



       Raquete de ténis da melhor marca deste desporto

Para espancar turistas idiotas: o dedo do meio e um sorriso




Sou uma força da natureza, não tentes destruir - me...

jeff Mills sempre bom de se ouvir...

Sou uma força da natureza, não tentes destruir - me...

quinta-feira, agosto 03, 2017

Li agora

"Antes de dormir, diga Obrigada."
às dores musculares?
à pressão que é o que se passa no momento?
A única coisa que em faz rir são os que se fazem de turista 5 estrelas no meu Algarve e nunca vão conhecer aqueles recantos tão meus... 

Valham-me os santinhos protectores dos dementes do Irão! 
Obrigadinho e saudinha






Sou uma força da natureza, não tentes destruir - me...

Dança Russa

Sou uma força da natureza, não tentes destruir - me...

domingo, julho 30, 2017

Descobri que era deles ao ver o filme (Descansa em Paz)

Sou uma força da natureza, não tentes destruir - me...
Mais uma lição que os ignorantes que gozam e chamam malucos aos depressivos /traumatizados aprendem: tomem atenção à dor invisível.