segunda-feira, maio 21, 2018

O mar no teu peito

Queria ouvir algo mais bonito que o mar.
Pedi para encostar a cabeça ao teu peito e ali fiquei sossegada, amparada, sorridente e a gostar de ti. 
A gostar. O mar era tão pouco comparado com a batida do seu coração




Os sentimentos já não são sólidos, mas sim gasosos e tendem a evaporar, comigo não, nem se medem, e muito menos se carimbam como príncipe ou “messias” da minha vida. Tal como todos os seres humanos, eu tentei mostrar a alguém o quanto essa pessoa me era, e vai sempre especial, e nunca recebi um obrigado, apenas uma muralha na frente e mesmo assim, não me importava.
Talvez fosse isso que te fizesse confusão… A verdade é que tu irias ver a força das minhas palavras nos meus atos, ouvir o barulho bonito, aquele mais bonito do que o mar. Penso em ti e pedi às estrelas e ao Sol para tomarem conta de ti, lá do alto





O poder da Natureza é infinito, eu sou natural.

100 dias antes, já mexe, és grande!

O poder da Natureza é infinito, eu sou natural.

domingo, maio 20, 2018

expliquem-me como se eu tivesse 2 anos

como é que um gajo, um merdas mesmo, chama nomes a pessoas que diz odiar, que diz esventra e o camandro, acha um horror "a incapacidade de achar o outro diferente"... que enconadinho nasceste tu pá!

O poder da Natureza é infinito, eu sou natural.
O poder da Natureza é infinito, eu sou natural.

quinta-feira, maio 17, 2018

quarta-feira, maio 16, 2018

Apenas ouço um saxofone que me transporta par aonde eu quiser. Analiso minuciosamente, o dia. O que dei a mais, o dei de menos, o deveria ter exigido mais de mim e aquilo que deveria ter negado. Se os deuses do Olimpo,  supostamente perfeitos e um dos berços da nossa civilização, entravam em violentas disputas, não poderei eu repensar o que fiz?
posso.
Mas não devo.
É viver um dia em dois. Está feito, está falhado.
Siga.

Foto de Apenas sinceridades.

O poder da Natureza é infinito, eu sou natural.

Ir e vir num dia, já cansa



O poder da Natureza é infinito, eu sou natural.

sábado, maio 12, 2018

Pedido

Para quem tem os cd's do  buddha bar, os 3 primeiros, há uns 19 anos que procuro uma música apenas com o som de violino e não encontro. 
Pleaseeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeee



O poder da Natureza é infinito, eu sou natural.

whitman

 Resultado de imagem para o captain my captain

O poder da Natureza é infinito, eu sou natural.

quinta-feira, maio 10, 2018

Reabilitação do conceito de puta (autor anónimo)


A expressão “puta” deriva de “poda” e remete para um ritual pagão que implicava um bacanal de oferenda à Deusa, numa celebração da poda das árvores.
Depois veio a Igreja e a mea culpa e podemos passar uma vida a tentar expiar o nosso interesse sexual. “Puta” adquiriu outro sentido:
Mulher que se prostitui = MERETRIZ, PROSTITUTA, RAMEIRA; Mulher que tem relações sexuais com muitos homens.
A expressão geralmente é depreciativa, apesar de em algumas línguas ser conotada mais positivamente, como no holandês, em que prostituta significa “mulher do prazer”.
Uma mulher que digam ser uma “puta” na praça pública não pode se não insurgir-se.
É ofensivo. Na vida privada, pelo contrário, tem uma componente excitante.
Como se entre parceiros se tivesse operado a uma reabilitação do conceito e ganhado um viés irônico.
Ao mesmo tempo que “puta” é possivelmente o insulto com maior carga emocional para uma mulher, é igualmente uma coisa boa, positiva, gratificante.
Gostar de sexo e procurar o prazer – “ser puta” – é possivelmente o ingrediente mais excitante numa relação sexual.
No entanto, basta passar os olhos por qualquer banca de revistas e jornais para tirar outras conclusões.
Vendem-nos a ideia de que se agirmos de determinada forma nos tornaremos rainhas da sedução.
Mas é tudo um embuste. Nem toda a literatura de bancada com “Os 5 segredos para o seduzir” ou “10 truques que o vão deixar doidinho” nos tornariam mestres na sensualidade. É, na verdade, bem mais simples.
Basta uma coisa só…Gostar de sexo.
Não é o comportamento que importa, é a atitude, a predisposição para o comportamento.
Conhecer todos os segredos para proporcionar prazer ao outro tem pouca utilidade, pelo menos quando comparado com o instrumento poderoso que é a própria motivação.
Dar prazer ou excitar é fácil, basta permitir-se a ter prazer, a sentir vontade. Gostar.
Se gostar de sexo é ser puta, então devíamos todas almejá-lo.
Devíamos todas querer ser putas, rameiras, mulheres do prazer.
E o conceito poderá evoluir uma vez mais.


O poder da Natureza é infinito, eu sou natural.

bom dia

O poder da Natureza é infinito, eu sou natural.

Eu, estou aqui

O poder da Natureza é infinito, eu sou natural.

quarta-feira, maio 09, 2018

 Porque me enches tanto a alma de um nada que é um tudo? Porquê? Como consegues tu com essa voz rasgada, rasgar a minha carne, o meu ser , toldar-me o pensamento e deixar-me trémula? Quem és tu? Eu sei, tu és o ser mais doce que eu respiro, és o ser que eu afago com a mente enquanto não te afago em mim. Gosto-te, porra!

 Resultado de imagem para i like you
O poder da Natureza é infinito, eu sou natural.

Boa quarta

O poder da Natureza é infinito, eu sou natural.

segunda-feira, maio 07, 2018

Ei


Ele era uma porta trancada. Esqueceu-se da greta que o seu sorriso era. Deixava entrar luz e, os melhores olhos o observavam . Sentia-se devastado, estava extasiado, perturbado mas gostava que essa greta tivesse levado para si luz e conhecimento. Porque nós, sem os outros , nada somos.



O poder da Natureza é infinito, eu sou natural.